quarta-feira, 25 de março de 2009

BBB joga óleo de cozinha na pia

É, além de fazer mal ao cérebro, o BBB também faz mal ao meio-ambiente.

Agora pouco, nos 20 minutos extras de exibição da casa no Multishow, a participante Josi sugere à Flávio que jogue o resto de óleo previamente utilizado na pia, e resume: "pode jogar, tem água quente na pia".

??? Qual seria a relação? Nenhuma, pois só nessa ingênua atitude, eles acabaram de contaminar milhões de litros de água. E olha que essa foi ao vivo, imagina o quanto passa todos os dias, toda hora, lá dentro em questão de desrespeito ao meio ambiente.

Que tal a produção do programa sugerir inteligentemente que os brothers peguem uma das dezenas de garrafas PET do patrocinador e coletem o óleo ao invés de jogar na pia? Essa foi definitivamente a pior ação lá de dentro. Que vergonha...

3 comentários:

Thiago Toledo disse...

Manda um recado para a produção do BBB que eles chamam a atenção dela AO VIVO!!! Pode mandar!!!

Boa Luisão.

vivoverde disse...

Pois é.... mas acho que não rola de incriminnar a ação de alguem ou crucifiar isto.... esta foi apenas uma exibição dos atos que as pessoas fazem sem ter algum conhecimento, sem ter pensando antes de agir e por aí vai, cabe a nós (profissionais) o dever de mostrar que esta ação não é a correta e tentar passar para os leitores e a população quais são os atos corretos a serem feitos não apenas com o óleo de suas casas mas também em relação a vários outros problemas ambientais oriundas dos seres humanos...

Quanto a coleta das garrafas PET sugeridas por vocês, achei uma idéia brilhante!

Abraços

Equipe Biosfera disse...

Obrigado pelo seu comentário Daiane!

Concordo contigo sobre o lance de "ensinar". É isso exatamente que precisamos fazer. O grande problema é devido à midia televisiva que eles estão expostos. Como a abrangência dela é imensa, um ato errado pode "desensinar" as pessoas. Imagina agora a "Donas Marias" jogando o óleo pelo ralo sempre? Imagina se o BBB desse uma lição de moral e os reprimissem ao vivo? Iria ensinar muito mais gente do que nosso programa algum dia irá atingir.

É a triste realidade. Mas a gente tenta.

Abraços!