sábado, 29 de janeiro de 2011

Turismo Rurar Sô!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

BIOSFERA – Prêmio de Jornalismo Online

Biosfera é premiado pelo Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira

A reportagem produzida pelo repórter Fabiano Fachini, sobre a produção do “papel semente” por usuários do Serviço de Saúde Dr. Candido Ferreira, trouxe ao Biosfera um prêmio na categoria Jornalismo Online.

Todos os anos, jornalistas são premiados pela instituição por produzirem informações criticas e de qualidade sobre a saúde mental. A equipe Biosfera fica honradíssima em ser reconhecida pelos “jornalistas do Cândido” como um parceiro da saúde mental, contribuindo para a divulgação de novas práticas de tratamento da loucura e, assim, acabar com o preconceito.

A premiação completa você confere no www.candido.org.br. E, abaixo, você acompanha a reportagem sobre o “papel semente”, que levou a equipe do Biosfera - Diego Geraldo, Fabiano Fachini, Fernanda Bugallo, Luis Corvini Filho e Thiago Toledo - a ser premiada na categoria Jornalismo Online, juntamente com Bruno Gagliasso, pela criação do blog http://gagliassoblog.com, em que aborda questões relativas à Esquizofrenia, quadro mental de seu personagem Tarso, na novela “Caminho das Índias”.

Confira o vídeo:
video

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Boas festas e um ano novo cada dia mais sustentável para você

2009 foi um ano de muitas realizações e alegrias para a equipe do BIOSFERA. E tudo isso compartilhamos com você. Graças à sua audiência e interesse pelo nosso conteúdo, conseguimos produzir cada vez mais.

Então, nessa época de festas, desejamos a você muitas realizações e um 2010 cada dia mais sustentável.

Um grande abraço

EQUIPE BIOSFERA!

sábado, 19 de dezembro de 2009

BIOSFERA - Especial COP15

COP 15 fracassa e escancara show de incopetência

por Thiago Toledo


Foi um vexame. Um fracasso. Depois de dois anos de negociações, baseado nas recomendações do IPCC, Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, as mais de 190 nações que estavam em Copenhague, na Dinamarca, não chegaram a um acordo decente sobre os cortes de CO².


O documento que foi redigido às pressas nesta madrugada (e que você pode conferir mais abaixo), não possui grandes avanços. É uma declaração de intenções que não chega a três páginas. Não tem metas. Diz que as nações ricas se comprometem a direcionar US$ 30 bilhões nos próximos três anos para ajudar nações pobres a lidar com as alterações climáticas. Quanto a admissão por parte dos países (de que não se deve elevar a temperatura em 2°C neste século) ainda é um aspecto que gera controvérsias e acaba se tornando frágil.




Outros detalhes ainda serão elaborados até o mês que vem. Principalmente por causa dos Estados Unidos e China. Objetivos de longo prazo, até 2050, não foram mencionados. Até lá algumas ilhas que já sofrem com o aquecimento global devem desaparecer.

É um acordo que não apresenta nada de novo em termos substanciais. É um escândalo de incompetência. Tanto que pela parte do Brasil, quem negociou o tratado foi o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, quando quem deveria ter feito isso seria o chefe do Itamaraty, que é treinado para isso.

Escândalo também foi a delegação de 700 pessoas que o Brasil levou na COP 15. A segunda nação mais numerosa foi a China, com cerca de 200 pessoas. Fora a incompetência da organização do evento, que culminou na renúncia de Connie Hedegaard, presidente da COP 15, dando seu lugar ao primeiro-ministro dinamarquês, Lars Lokke Rasmussen e os muitos ataques de violência contra manifestantes por parte da polícia.


Enquanto isso alguns escandalosos dizem o que pensam sobre a cúpula:

“Se o clima fosse um banco já estaria salvo”. Hugo Chavez, presidente da Venezuela

“O aquecimento global mata mais que o terrorismo”. Mahmoud Ahmadinejad, presidente do Irã.

Depois dessa, parei.


E você? O que tem a dizer sobre a Conferência do Clima.


Abaixo o documento final da COP 15.


Acordo de Copenhangue

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

BIOSFERA - Especial COP15

Lula chama atenção com discurso forte na COP15. Obama decepciona.


por Thiago Toledo


Com palavras duras e contundentes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o país está disposto a fazer "sacrifícios" e participar com dinheiro na busca de frear o aquecimento global. Aplaudido diversas vezes pelos participantes da Conferência do Clima em Copenhague, mostrou desapontamento com as autoridades, principalmente com a das grandes potências.

Durante a madrugada, Lula e o presidente da França, Nicolas Sarkozy convocaram uma reunião emergencial com as lideranças de vários países, em busca de se apressar um acordo neste último dia de cúpula. Com isso, o fiasco que poderia ser retumbante, pode acabar com um acordo modesto entre as nações.

Lula fez questão de salientar em seu discurso os esforços que o Brasil tem feito, e como países pobres africanos, latinoamericanos e alguns asiáticos sofrem sem o desenvolvimento adequado.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por sua vez, fez um discurso aquém das expectativas. Não trouxe nada de novo e apenas pediu que se apressasse a elaboração de um documento em prol do clima, como se ele tivesse feito algum esforço para que isso se concretizasse.

Seu discurso limitado decepcionou os demais participantes, contudo, é importante deixar claro que, por mais que as ações climáticas ao redor do mundo por parte dos E.U.A sejam limitadas, dentro do país a imagem é outra. O governo, para os americanos, tem feito um trabalho forte no controle de emissões. Mas não foi o que pareceu na COP15.

A imagem do presidente americano sai arranhada pela falta de comprometimento. Já Lula sai fortalecido e consegue, além de contornar a imagem do Brasil (que foi machucada pelas últimas declarações da ministra da Casa Civil Dilma Roussef), um papel de liderança global ainda mais forte. E todos nós sabemos que além da questão ambiental e econômica desta conferência, o aspecto político foi o determinante e fez os governos do Brasil e da França voltarem para casa de primeira classe.


ABAIXO O VÍDEO COM O DISCURSO DO PRESIDENTE LULA.


video

BIOSFERA Pedalando

Você faz exercício, ajuda a cidade e praticamente "ganha" a bicicleta

por Diego Geraldo

Um passeio ciclístico promete ajudar na qualidade de vida na população de São Paulo. Sucesso em Lisboa, Porto e Madri, a World Bike Tour acontece na capital paulista.

As inscrições custam apenas R$ 180 e os participantes levam a bicicleta para casa no final do passeio, além de mochila, camiseta e capacete, kit avaliado em R$ 800. A conta é paga pelos parceiros e patrocinadores.

Serão 6 mil participantes e o bicicletada acontece no aniversário da cidade, 25 de janeiro. Serão percorridos 9 km desde o ponto de partida (Ponte Estaiada, na Marginal Pinheiros) até à Rua Professor Mello Morais, situada na USP.

Para participar é bom ficar atento. As incrições começam no primeiro minuto de 2010 e geralmente se esgotam muito rapidamente, em poucas horas.

A partir do dia 2 de Janeiro, até ao dia 24, o caminhão Bike Tour proporcionará aulas de spinning bike gratuitas a todos os interessados. Anote também o dia 10 de Janeiro, dia em que se realizará um Passeio de Bicicleta, entre São Paulo e Santos. Ao todo serão percorridos cerca de 80 km.

Para os pequenos, um passeio de bicicleta para crianças dos 2 aos 11 anos. Cerca de 200 crianças carentes terão a possibilidade de viver uma experiência inesquecível. Dia 23 de Janeiro os jovens ciclistas vão, também eles, pedalar por uma vida cada vez mais saudável. As bicicletas serão, no final do passeio, oferecidas a cada uma destas crianças.

Para fazer sua inscrição, entre no site:

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

BIOSFERA - Especial COP15

Polícia e manifestantes se enfrentam na COP15

por Thiago Toledo

Mais um conflito na Conferência do Clima. Um tumulto entre manifestantes e policiais dinamarqueses, chamou a atenção hoje perto do Bella Center, onde acontece a COP15. Eles protestavam contra a restrição de entrada no local e contra a falta de acordo entre os países. A polícia, mais uma vez, respondeu com violência. No fim do vídeo, os manifestantes gritam “Shame on you” (que vergonha) para a polícia.


BIOSFERA - Especial COP15

História do engajamento - Severn Suzuki


por Luis Corvini Filho


Muito se discute entre os líderes globais sobre o futuro de nosso planeta. Bem, conheça o discurso de Severn Suzuki, uma garota canadense que, há 18 anos atrás (quando ela tinha apenas 13 anos), emocionou o planeta durante seu discurso na ECO 92, realizada no Rio de Janeiro, no Brasil.


O tema: O que será da geração que herdará o planeta?




E aqui, Severn Suzuki, 17 anos depois, mostrando o quanto seu engajamento, agora como Embaixadora global de uma ONG. (em inglês)


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

BIOSFERA - Especial COP15

Relatos "inside" Copenhague



Vista do Bella Center, em Copenhague


por Luis Corvini Filho


Desanimador. Essa foi a opinião que Renata Hortência Sales, a única bolsista brasileira patrocinada pela COP15 (que concedeu entrevista para o  BIOSFERA aqui),  resumiu os acontecimentos da Reunião do Clima em Copenhague. Ela teve a oportunidade de acompanhar algumas movimentações dentro do Bella Center, observando até mesmo a delegação brasileira.

Segundo Renata, a decepção se dá pelo fato do grande apelo comercial de Copenhague, já que ONGs, representantes de países e grupos diversos tentam cada um mostrar mais a cara que os outros, com protestos espalhafatosos e erráticos.

Renata também notou uma discrepância entre fala e ação: "A quantidade de papel distribuído por lá é absurdo! E ao mesmo tempo, fala-se de desmatamento na Amazônia e em outras florestas tropicais".

Por fim, Renata critica a delegação brasileira. Segundo ela, tudo que foi apresentado, tirando uma coisa ou outra, estava somente em português. Ela até se referiu a uma coletiva de imprensa, onde perguntas e respostas estavam sendo feitas apenas em português. Uma jornalista estrangeira até se pronuncia, alegando que não estava compreendendo nada. E, como se ela nem tivesse se manifestado, as respostas continuaram em nossa língua materna.

Enfim, resta torcer para que o "show" se transforme, em algum momento, em uma realidade palpável, esboçando ao menos uma esperança, esperada por todos no planeta.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

BIOSFERA - Especial COP15

Chavez e Evo a caminho de Copenhague

foto: agência EFE

por Thiago Toledo

Em Havana, para reunião bilateral com o general Raúl Castro, presidente de Cuba, Hugo Chavez, presidente da Venezuela, anunciou neste domingo que irá à cúpula sobre mudança climática realizada em Copenhague, junto com seu colega boliviano, Evo Morales, para falar em nome da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba).

Chávez disse que "já se aprovou" na reunião um documento para que os países do bloco regional falem "de uma só voz" na Dinamarca.

Já Raúl Castro foi taxativo e disse que já "se sabe que já não haverá acordo" na Conferência no Clima e tudo terminará com um simples pronunciamento político.

Como você pode ver nas imagens abaixo, o clima lá parece que já está bem quente. E não serão Evo Morales e principalmente Hugo Chavez, que farão os ânimos se apaziguarem, tampouco influenciarão ou darão opiniões relevantes. Corre-se o risco apenas de ser mais um incêndio que tentará ser apagado com gasolina.

fotos: Associated Press




fotos: agência Reuters